Página Inicial | SÁBADO, 20 DE JULHO DE 2019
Postada por: Jr Lopes dia 14/05/2019
Felipão transformou o Palmeiras no time brasileiro mais difícil de ser batido
Compartilhar Notícia
Felipão está em alta (Divulgação/Palmeiras)


Os números impressionam. A vitória contra o Atlético marcou a 27ª partida de invencibilidade do Palmeiras no Campeonato Brasileiro, quebrando um recorde de 1972 e 1973 da equipe chamada de Academia de Futebol. Apesar de ter hoje o melhor ataque do Brasileirão, é a defesa que explica como Luiz Felipe Scolari montou o time mais difícil de ser batido no País - perdeu duas vezes nesta temporada.

 

O Palmeiras é hoje um time que abre mão da bola e tenta resolver o jogo rapidamente, investindo nos contra-ataques. Porém, mesmo constantemente com menos posse do que os adversários, a formação do sistema defensivo impede que o time sofra durante a partida. Isso começa com os sempre regulares Bruno Henrique e Felipe Melo (um dos melhores do time neste ano), passando por laterais que arriscam pouco no ataque, deixando a criação toda com os habilidosos meias e pontas.

 

E tudo culmina no trio que, quando exigido, corresponde à altura. O goleiro Weverton aumentou para 620 minutos sua sequência sem ser vazado, enquanto a dupla de zaga formada por Luan [foto] e Gustavo Gómez está há 888 minutos impedindo gols dos rivais. O resultado disso são apenas oito gols sofridos entre Campeonato Paulista, Libertadores e Brasileirão. É natural que a imprensa e torcedores esperem mais brilho de um elenco tão valioso, mas é inegável que Felipão encontrou uma fórmula que sempre aproxima o Palmeiras do sucesso.


Fonte: Lancenet







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados