Página Inicial | TERÇA-FEIRA, 27 DE OUTUBRO DE 2020
Postada por: Jr Lopes dia 29/06/2020
Meia do Cruzeiro recebe alta após despencar com carro de penhasco em BH
Compartilhar Notícia
Henrique, do Cruzeiro, recebeu alta depois de três dias internados após acidente de carro (Foto: Reprodução/TV Globo)


Henrique recebeu alta hospitalar na manhã desta segunda-feira (29/06) depois de passar o fim de semana em internado, após despencar com o carro de um penhasco de aproximadamente 200 metros no Mirante do Jabotá, dentro do Parque Estadual do Rola Moça, em Brumadinho, na região metropolitana de BH, na sexta-feira passada.

 

Não há previsão para Henrique começar as atividades com o elenco do Cruzeiro. De acordo com o clube, o volante vai seguir a recuperação na Toca. Em vídeo divulgado pela Raposa, Daniel Baumfeld, superintendente médico do clube, falou sobre a situação do jogador.

 

- O nosso capitão Henrique se recuperou superbem, está voltando para casa, com sua família. Os protocolos ele vai seguir com tranquilidade, em casa, para que, em breve, possa estar de volta conosco na Toca, fazendo parte de todo o grupo.

 

Henrique foi confirmado como reforço do Cruzeiro na última quarta-feira. Na quinta, foi apresentado pelo presidente Sérgio Santos Rodrigues em uma live do clube no Youtube. O jogador ainda não havia começado a treinar com o grupo, já que não tinha encerrado todos os testes físicos.

 

O acidente

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, o veículo em que o jogador estava despencou de uma altura de 200 metros no Mirante do Jabotá, dentro do Parque Estadual do Rola Moça, em Brumadinho, na região metropolitana de BH. Ainda segundo o documento, no momento do resgate, o jogador estava "desorientado e confuso" e por isso não foi possível colher mais informações sobre o acidente.

 

Ainda de acordo com o documento, a PM foi acionada via rede de rádio e teve apoio de quatro viaturas do Corpo de Bombeiros para socorrer a vítima. O acidente aconteceu por volta de 18h e o jogador foi levado para o hospital por volta de 22h. O local, segundo os militares, é difícil acesso e por isso o carro do jogador, uma Land Rover, não foi retirado do penhasco até a publicação desta reportagem.

 

O local onde o acidente ocorreu é de difícil acesso, segundo os militares. O Corpo de Bombeiros empenhou 16 homens para retirar a vítima do carro. Apesar da gravidade do acidente, o jogador teve somente escoriações. Em entrevista à Globo, o capitão responsável pelo resgate do Henrique, a tecnologia do carro, uma Land Rover, pode ter sido um dos fatores para o jogador não ter tido lesões mais graves.


Fonte: Globo Esporte







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados